Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

Prefeitura e Corsan lançam programa de regularização de água em Eldorado do Sul


Publicado em: 04/10/2017 14:09
Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação - ASCOM
Autor: David Ferrás
Prefeitura e Corsan lançam programa de regularização de água em Eldorado do Sul

Programa Água, Vida e Cidadania inicia as obras na cidade - David Ferrás - ASCOM

         A Prefeitura Municipal de Eldorado do Sul e a Companhia Rio-grandense de Saneamento (Corsan) iniciaram, na última segunda-feira (2), as obras de implantação do Programa Água, Vida e Cidadania, em Eldorado do Sul. A parceria começou com o assentamento de 210 metros de redes de água para 57 famílias residentes na Rua São Borja, no bairro Centro Novo, que terão o acesso ao serviço regularizado. 
 
          O Prefeito Ernani de Freitas Gonçalves avaliou como "fantástica" a parceria com a Corsan na execução das obras e no pioneirismo deste programa. Mas a parceria com a Corsan não fica apenas na água, os esgotos serão tratados também. "E logo em seguida deve começar as obras do esgoto, também em parceria com a Corsan, isso demonstra evolução de trabalho e saúde para a comunidade", completou o chefe do Executivo. 
 
        Este é um programa pioneiro que pretende regularizar 25 mil ligações clandestinas de água no Rio Grande do Sul até 2019. De acordo com o Diretor Comercial da Corsan, Luciano Eli Martin, legalizar o abastecimento em comunidades que têm o atendimento irregular possibilita a melhoria da qualidade da água. Além disso, o programa vai regularizar o atendimento de mais de mil famílias em Eldorado do Sul. 
 
        Para participar do programa e ter direito à isenção da primeira ligação de água e três primeiros meses com fatura demonstrativa de consumo, o munícipe deve procurar a Secretaria de Habitação e solicitar o Cadastro e o Cartão Numérico.  Segundo o Secretário de Habitação, João Ferreira, "depois dos três meses os participantes cadastrados pagarão uma taxa social". Mas os munícipes devem ficar atentos "para não gastar mais que 10m³ de água, esse é o limite para a taxa social, pois o excesso será cobrado sob a taxa normal", completou o responsável pela pasta. 

 

 

 

Leia também

Gabinete do Prefeito
04/10/2017 14:09
Secretaria de Educação Cultura Desporto Lazer e Turismo
04/10/2017 14:09
Secretaria de Assistência Social e Trabalho
04/10/2017 14:09