Redes sociais
Nos siga e fique sabendo

SMS divulga locais de vacinação contra a febre amarela em Eldorado do Sul


Publicado em: 07/02/2018 13:50
Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação da CORSAN
Autor: David Ferrás
SMS divulga locais de vacinação contra a febre amarela em Eldorado do Sul

Quem já tomou uma dose da vacina contra a febre amarela, não precisa tomar novamente. - Jennifer Naff - ASCOM

A Secretaria Municipal de Saúde de Eldorado do Sul divulgou os locais que serão realizadas as vacinas contra a febre amarela no município. Para realizar a imunização, é necessário apresentar um documento com foto e a carteira de vacinação. Quem já tomou uma dose da vacina contra a febre amarela, não precisa tomar novamente. Menores de 9 meses, gestantes e mulheres que estão amamentando também não devem ser vacinadas. Já idosos e pacientes com doenças imunodepressoras (Câncer, HIV +, Lupus, entre outras) só devem ser vacinados conforme prescrição médica. 

Em Eldorado do Sul, o atendimento seguirá o seguinte cronograma:

Segunda-feira: UBS Cidade Verde;
Terça-feira: UBS Nelson Marchezan;
Quarta-feira: ESF Progresso e UBS Nelson Marchezan;
Quinta-feira: UBS Cidade Verde;
Sexta-feira: ESF Sans Souci.

Abaixo, a nota técnica do Ministério da Saúde sobre o tema.

“Desde abril de 2017, o Ministério da Saúde indica dose única da vacina febre amarela para as áreas com recomendação de vacinação em todo país. A adoção de dose única atende as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). A dose de reforço não é mais recomendada por considerar que a imunidade protetora desenvolve-se dentro de 30 dias para cerca de 99% das pessoas que recebem uma dose da vacina febre amarela. Portanto, todo indivíduo que tiver uma dose de vacina febre amarela é considerado vacinado. Quem ainda não foi vacinado deve procurar a sala de vacinas mais próxima de sua residência, e se for viajar para São Paulo, Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais esta procura deve ser dez dias antes da viagem marcada. Este ano, já foram notificados dois casos suspeitos de febre amarela no Estado do Rio Grande do Sul, em residentes de Portão e Dois Irmãos. Ao longo de 2017, foram 42 casos suspeitos, todos com resultado negativo para a doença. Desde 2009, o Rio Grande do Sul não registra casos confirmados de febre amarela silvestre”.

 

 

 

Leia também

Secretaria da Fazenda Desenv. Economia Ind. e Comércio
07/02/2018 13:50
Gabinete do Prefeito
07/02/2018 13:50
Gabinete do Prefeito
07/02/2018 13:50